facebook instagram
Cuiabá, 16 de Junho de 2024
logo
16 de Junho de 2024

Administrativo Quinta-feira, 01 de Agosto de 2019, 11:25 - A | A

01 de Agosto de 2019, 11h:25 - A | A

Administrativo / EM COMODORO

Fórum passa a fazer audiências com presos por videoconferência

Ao invés de ser levado ao Fórum, o preso vai até uma sala especial montada na cadeia para falar diretamente com o juiz

Da Redação



A partir dessa semana, todas as audiências com os réus presos no município de Comodoro (a 644 quilômetros de Cuiabá) serão feitas por videoconferência. O Fórum da cidade adquiriu um kit para poder falar à distância com os reeducandos que cumprem pena restritiva de liberdade.

O juiz Antônio Carlos Pereira de Souza Júnior, listou os benefícios que a medida traz.

“As vantagens são inúmeras. O custo diminui para o Estado, que agora não precisa mais investir no deslocamento de agentes e viaturas para transporte do recluso, e também celeridade nas audiências. A principal vantagem é a segurança para os agentes penitenciários, recuperando e, principalmente, para as pessoas que frequentam os fóruns, pois sempre há possibilidade de tentativa de resgate ou investimento de grupo rival durante a movimentação do preso”, destacou o magistrado.

A primeira experiência foi realizada na última segunda-feira (29), durante a tarde, quando Antônio Carlos fez uma audiência de justificação com um dos reclusos. O preso, que estava em regime semiaberto, regrediu para o regime fechado e, para isso, precisava ser apresentado ao magistrado.

Ao invés de ser levado ao Fórum, que fica a cerca de cinco quilômetros da cadeia, ele foi levado a uma sala especialmente montada para receber os recuperandos que precisam falar com o magistrado. Na cadeia, também foi liberada uma linha exclusiva para o advogado entrar em contato com o preso antes da audiência.

Os equipamentos que permitem realizar a videoconferência foram adquiridos com o valor advindo de penas pecuniárias repassadas ao Conselho da Comunidade. (Com informações da Assessoria do TJMT)