facebook instagram
Cuiabá, 18 de Julho de 2024
logo
18 de Julho de 2024

Penal Quinta-feira, 02 de Abril de 2020, 15:23 - A | A

02 de Abril de 2020, 15h:23 - A | A

Penal / PARA COMBATER O COVID

Hospital recebe mais R$ 874 mil oriundos da Operação Ararath

Os recursos serão destinados para a aquisição e o abastecimento de materiais médico-hospitalares, como luvas, máscaras, capotes e equipamentos de proteção individual (EPIs), medicamentos, equipamentos, além das adequações dos espaços físicos

Da Redação



O Ministério Público Federal (MPF) destinou mais R$ 874.805,26 ao Hospital Universitário Júlio Muller, em Cuiabá. Os recursos são oriundos dos valores recuperados por meio da Operação Ararath.

A unidade hospitalar é ligada diretamente à Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e é considerada referência no tratamento de doenças tropicais para a região e para estados vizinhos, como Rondônia, e agora também para o combate ao coronavírus (covid-19).

Os recursos serão destinados para a aquisição e o abastecimento de materiais médico-hospitalares, como luvas, máscaras, capotes e equipamentos de proteção individual (EPIs), medicamentos, equipamentos (exaustores, respiradores e outros), além das adequações dos espaços físicos necessárias para receber usuários infectados pela covid-19.

Assim como nas demais decisões favoráveis para a destinação de recursos ao HUJM, deverá ser aberta uma conta judicial na qual será depositado o valor para que o hospital inicie o processo de aquisição dos equipamentos e medicamentos solicitados.

A partir de então, a superintendência da unidade deverá prestar contas dos gastos, apresentando nota fiscal dos produtos adquiridos, recebimento e atesto de entrega do produto/material, imagem do produto recebido, registro de tombo do produto (inserção no patrimônio da unidade hospitalar) e indicação da conta bancária do fornecedor para que seja realizada a transferência judicial.

Além disso, a cada 30 dias, durante o prazo de seis meses, o HUJM deverá apresentar ao MPF informações quanto ao número de atendimentos realizados no escopo do projeto apresentado (prevenção e combate à pandemia da covid-19 em Mato Grosso).

Com a nova decisão judicial emitida pela 5ª Vara Criminal da Justiça Federal em Mato Grosso, o hospital já recebeu até o momento R$ 1.781.805,26. A primeira decisão favorável à destinação de recursos para a unidade hospitalar ocorreu em 20 de março, quando o valor total destinado foi de R$ 566.822,36. A segunda decisão, no valor de R$ 339.883,95, foi em 23 de março e, a última, de R$ 874.805,26, foi publicada em 27 de março. (Com informações da Assessoria do MPF)