facebook instagram
Cuiabá, 22 de Julho de 2024
logo
22 de Julho de 2024

Administrativo Segunda-feira, 06 de Abril de 2020, 09:00 - A | A

06 de Abril de 2020, 09h:00 - A | A

Administrativo / EM 18 DIAS

Judiciário de MT registra quase 1,4 milhões de movimentações processuais

Esse número reflete a movimentação de processos nos sistemas Processo Judicial Eletrônico (PJe), Apolo (gerencia os processos físicos da 1ª instância), Processo Judicial Digital (Projudi) e Proteus (gerencia os processos físicos remanescentes no 2º grau)

Da Redação



Entre os dias de 17 de março e 3 de abril, o Poder Judiciário de Mato Grosso registrou 1.393.526 movimentações processuais na primeira e segunda instâncias. Os atos foram registrados no período do teletrabalho, regime adotado desde o último dia 20.

Esse número reflete a movimentação de processos nos sistemas Processo Judicial Eletrônico (PJe), Apolo (gerencia os processos físicos da 1ª instância), Processo Judicial Digital (Projudi) e Proteus (gerencia os processos físicos remanescentes no 2º grau).

Em relação ao PJe, o principal sistema utilizado pelo Poder Judiciário, só no primeiro grau foram 1.087.123 movimentações processuais e no segundo grau, mais 75.404. Nos três demais sistemas, foram registradas outras 230.999 movimentações. São decisões, despachos, arquivamentos, sentenças, entre outros atos cumpridos por desembargadores, juízes e servidores,.

Alvarás

De 18 de março até 3 de abril, o presidente do TJMT, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, assinou 5.385 alvarás, documento digital expedido pela Justiça, que autoriza a instituição financeira conveniada a disponibilizar, em favor do requerente, a quantia definida em juízo.

Nesse período, as liberações somam de R$ 74.921.963,42. (Com informações da Assessoria do TJMT)