facebook instagram
Cuiabá, 25 de Julho de 2024
logo
25 de Julho de 2024

Administrativo Terça-feira, 29 de Setembro de 2020, 15:18 - A | A

29 de Setembro de 2020, 15h:18 - A | A

Administrativo / 15 X 8

Câmara rejeita e arquiva CPI que pedia afastamento de Emanuel

A Câmara já havia decidido pelo arquivamento da investigação. Porém, uma decisão da 4ª Vara Especializada da Fazenda Pública, determinou que uma nova votação fosse realizada

Da Redação



Por 15 votos a oito, a Câmara de Cuiabá rejeitou, mais uma vez, o pedido para processar e cassar o prefeito Emanuel Pinheiro.

A decisão colegiada foi proferida nesta terça-feira (29), quando os vereadores barraram o parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), que tinha se posicionado a favor da aprovação do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (PCI) contra Pinheiro.

O procedimento diz respeito ao vídeo veiculado na delação do ex-governador Silval Barbosa, em que mostra Pinheiro, então deputado estadual, recebendo maços de dinheiro de origem suspeita e colocando-os em seu paletó.

A Câmara já havia decidido pelo arquivamento da investigação. Porém, uma decisão da 4ª Vara Especializada da Fazenda Pública, determinou que uma nova votação fosse realizada.

Diante da manutenção do resultado, o documento será arquivado. (Com informações da Assessoria da Câmara de Cuiabá)