facebook instagram
Cuiabá, 22 de Julho de 2024
logo
22 de Julho de 2024

Administrativo Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2020, 17:47 - A | A

14 de Dezembro de 2020, 17h:47 - A | A

Administrativo / ELEIÇÃO PGJ

Membros reelegem Borges para o comando do MPE; decisão final é de Mendes

Será encaminhada uma lista – liderada por José Antônio Borges e que contém ainda o nome do segundo colocado, procurador de Justiça Flávio Cezar Fachone – ao governador Mauro Mendes, que tem o poder de nomear o chefe do MPE

Da Redação



Com 142 votos, o promotor de Justiça José Antônio Borges Pereira, que concorreu à reeleição, conquistou o primeiro lugar na lista que será encaminhada ao governador do Estado, Mauro Mendes, para escolha do novo procurador-geral de Justiça para os próximos dois anos.

O segundo colocado, procurador de Justiça Flávio Cezar Fachone obteve 123 votos.

De acordo com a presidente da Comissão Eleitoral, procuradora de Justiça Esther Louise Asvolinsque Peixoto, o próximo passo será o envio da lista ao Colégio de Procuradores de Justiça para a devida homologação. A reunião deverá ocorrer nesta quinta-feira (17), às 9h.

“Após a homologação, a lista será encaminhada ao governador do Estado no primeiro dia útil de 2021. O chefe do Poder Executivo, por sua vez, terá 15 dias para fazer a escolha”, explicou.

A posse do novo procurador-geral de Justiça deve ocorrer na primeira quinzena de fevereiro.

A Comissão Eleitoral também contou com a participação do promotor de Justiça Ezequiel Borges e da promotora de Justiça Sasenazy Soares Rocha Daufenbach.

Votação eletrônica

Pela primeira vez, a eleição ao cargo de procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Mato Grosso foi 100% eletrônica. O processo começou às 17h de sexta-feira e se estendeu até às 17h desta segunda-feira. A votação ocorreu por meio do Portal de Aplicativos, com a participação de 245 membros, sem nenhuma intercorrência. Foram registrados dois votos em branco e uma abstenção.

“A eleição foi um sucesso, sem registro de nenhum problema técnico, além do conforto, segurança e transparência. Os dois candidatos estão de parabéns, são pessoas especiais que fizeram uma campanha honesta e transparente, focando em propostas na defesa das garantias institucionais de nosso Ministério Público”, destacou a presidente da comissão, procuradora de Justiça Esther Louise Asvolinsque Peixoto. (Com informações da Assessoria do MPE)