facebook instagram
Cuiabá, 22 de Julho de 2024
logo
22 de Julho de 2024

Administrativo Terça-feira, 08 de Dezembro de 2020, 09:39 - A | A

08 de Dezembro de 2020, 09h:39 - A | A

Administrativo / DESEMBARGADOR DO TJ

OAB-MT parabeniza Perri por jornada de 37 anos na magistratura

Por sua trajetória marcada pelo comprometimento com a cidadania e ideais de Justiça, o decano do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) conquistou o respeito e a admiração da advocacia

Da Redação



A Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT) congratula o desembargador Orlando Perri, pelos seus 37 anos de magistratura.

Por sua trajetória marcada pelo comprometimento com a cidadania e ideais de Justiça, o decano do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) conquistou o respeito e a admiração da advocacia.

Perri possui uma jornada de sucesso, marcada pelo sonho de seguir a carreira judicante, desde adolescência. O cuiabano cursou a faculdade de Direito na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), concluindo a graduação em 1979. Filho de pai promotor, Perri seguiu a carreira da advocacia em Cuiabá, Cáceres, Poconé e foi assessor jurídico nas Centrais Elétricas de Mato Grosso (Cemat). Mas ser juiz era o seu objetivo e se preparou para o concurso.

Em 7 de dezembro de 1983 foi aprovado no concurso público para juiz substituto em Mato Grosso, ficando em primeiro lugar. A primeira comarca em que foi designado foi Tangará da Serra e ao longo de sua carreira atuou em Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Rondonópolis até sua promoção para Cuiabá. Foi juiz titular da 3ª Vara de Execução Fiscal e na 14ª Vara Cível da Capital onde atuou até ser promovido ao desembargo. Também foi presidente da Associação Mato-grossense dos Magistrados (Amam).

Aos 39 anos de idade e com 13 anos de carreira, Orlando Perri foi promovido a desembargador do TJMT, por merecimento, em 22 de agosto de agosto de 1996. No período de 1998/1999 assumiu os cargos de vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) e de 1999/2000 foi presidente da instituição eleitoral.

Nos anos de 2000 e 2001 foi vice-presidente do TJMT, em 2007 e 2009 foi eleito corregedor-Geral da Justiça de Mato Grosso e se assumiu como presidente do órgão no biênio 2013/2015.

Atualmente, Orlando Perri compõe a Primeira Câmara Criminal do TJ e é coordenador do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF). (Com informações da Assessoria da OAB-MT)